domingo, 14 de dezembro de 2008

planeta amor

é puro clichê
há quem ache
que se torne piegas, até
afinal, é o que me invade

atento que o amor não se cale
alimento-me dessa doce realidade
sabor de sonho
o oposto de uma miragem

2 comentários:

Jaqueline disse...

Jaque,

fiquei emocionada com tamanha sensibilidade manifesta em seus poemas:você fala simplesmente com o seu coração...só consegue isso quem está atento...atento ao próprio silêncio...atento à vida...atento ao outro...atento à Deus...

Cada vez mais aprendo que passamos uma vida buscando idéias, teorizações, conhecimentos (necessários e importantes,é claro!),mas,só há sentido nessa busca,se na verdade, a intenção for tornar nosso coração mais sábio...

Parabéns e obrigada por disponibilizar a nós, leitores,tamanha beleza...

Com um sorriso,
Jaqueline de Jesus

Ana Paula Maletta disse...

Ei amiga,

Conversar com você me tranquiliza. Ler seus poemas então... estes me aquecem a alma, você fala com o coração!

Te adoro,

Ana